Dedais do mundo todo

1
4025

Foto:

Beatriz e parte de sua coleção

Objeto pequeno que serve para empurrar a agulha quando se costura o dedal também virar ser item de coleção. Beatriz Kauffman, moradora no Alto da Lapa, é uma colecionadora de dedais. Sua coleção impressiona pela variedade e deve reunir quase 2 mil itens.
O colecionismo na família de Beatriz não é novidade. Seu pai, Saul Jampolsky, foi capa da edição de fevereiro de 2011 do Guia Daqui Lapa/Leopoldina, por conta de sua coleção de latas de cerveja – a maior da América Latina.
Beatriz trabalha promovendo eventos. “Colecionei papéis de carta e passei para a minha filha. Hoje só coleciono dedais. Tenho cerca de 2 mil dedais, mas não me preocupo em saber o número exato. O que me interessa, além da beleza é o material. Tenho de dedais de couro, metal (prata, alumínio, estanho, ouro), papel, madeira, porcelana, cerâmica, pedra, madrepérola e muito mais”, vai falando ao mesmo tempo em que mostra parte de sua coleção que ocupa uma estante na sala da sua residência.
Os dedais entraram na sua vida em 1993, quando ela e três amigas fizeram uma viagem à Europa. Cada uma das amigas colecionava um determinado objeto. Ela em uma feira de antiguidades viu alguns dedais e daí começou a coleção. Hoje, em todas as viagens que faz, sempre arruma tempo para procurar novos itens para seu acervo e os amigos também a presenteiam com novos dedais.
“Colecionar dedais para mim é uma maravilha! É uma forma de conhecer outras pessoas e outras culturas. Conheço muita gente bacana que tem o mesmo interesse espalhados por vários países. Com eles faço troca, vendo e compro novas peças. Infelizmente, aqui no Brasil, somos poucos os colecionadores de dedais”, diz.
Alguns dos dedais da coleção de Beatriz são verdadeiras esculturas liliputianas com detalhes que precisam ser vistos bem de perto. São vários os temas da coleção. Ela tem dedal em homenagem à Lady Di, Elvis Presley, a Estátua da Liberdade de Nova York, países, flores e por aí vai.
Ela avisa que se alguma leitora tiver algum dedal diferente ou quiser iniciar uma coleção é só entrar em contato via celular ou e-mail.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA