Doce Vida 60+ promove a experiência com atividades

0
1108

Foto: Divulgação

Divulgação
Atividades estimulam a convivência

GDLL 295 Maio22

O Brasil tem mais de 32,9 milhões de brasileiros maiores de 60 anos, segundo o IBGE, em 2019. Para quem atingiu e ultrapassou essa fase da vida, atividades físicas e intelectuais são recomendáveis. Um espaço na Vila Romana se dedica a esse público.

O Doce Vida Espaço de Atividades 60+ é um espaço voltado para os maiores de 60 anos onde o diferencial “é trabalhar todo o corpo e o intelecto”. As sócias do Doce Vida são Karla Simas, fisioterapeuta especializada em pessoas com mais de 60 anos e Joyce Santos, futura psicóloga.

Karla destaca que os maiores de 60 anos, precisam cuidar do físico “com realinhamento de postura, exercícios para fortalecimento muscular e esses cuidados ajudam a prevenir o diabetes, a obesidade entre outros benefícios”.

Joyce e Karla, sócias da Doce Vida (Divulgação)
Joyce e Karla, sócias da Doce Vida (Divulgação)
O Doce Vida têm exercícios voltados para a mente, importantes para prevenção da memória, entre outros benefícios. “Tudo dentro das limitações de cada pessoa. Estimulamos os nossos alunos e alunas memorizar o seu dia a dia. Quem toma remédios, por exemplo, é incentivado a lembrar qual medicamento deve ser tomado em qual horário. Se não for possível, esse trabalho de organizar fica a cargo da cuidadora do idoso”.

A fisioterapeuta Karla conta que teve um espaço semelhante na avenida São Gualter. “Por conta da pandemia, fomos obrigadas a fechar o espaço e quando foi possível retomar as atividades, encontramos esta residência na Vila Romana e trouxemos o Doce Vida para cá”, afirma.

No Doce Vida, Karla e Joyce e a equipe multiprofissional objetiva a promoção, prevenção de saúde, incentivo à socialização dos frequentadores e prática diária de atividades físicas e mentais através de jogos como o xadrez e raciocínio lógico.

As atividades físicas lembra Karla, “são indicados para todas as pessoas. E para os maiores de 60 anos, os exercícios auxiliam no processo do envelhecimento, com melhoria na saúde e podem atrasar ou reduzir o aparecimento de doenças.”

Doce Vida 60-div (4)A pessoa encontra no Doce Vida, tanto atividades físicas como estímulos intelectuais. “Tudo dentro das limitações de cada pessoa”, avisa Karla. “Quando eles chegam aqui queremos saber quais os objetivos de cada um. E dentro do limite de cada um, traçamos um plano de trabalho individualizado”.

Entre outras atividades do Doce Vida, há aulas de dança, por exemplo, que ativam as áreas do cérebro que não são trabalhadas naturalmente e os alunos podem expressar seus desejos, expectativas e necessidades e aumentam a sociabilidade; treinamento funcional; fortalecimento muscular; aulas de artesanato com a utilização de material reciclável; yoga; pilates; aulas cognitivas; alongamento; e dinâmica de grupos. Também podem aprender a manusear os smatphones e tablets e usar as redes sociais como Instagram, Facebook, WhatsApp.

Todo o espaço do Doce Vida foi pensado para facilitar o deslocamento das pessoas sem maiores dificuldades. (GA)

Doce Vida Espaço de Atividade 60+ — Rua Vespasiano, 581, Vila Romana, Telefone 98399-4852 (Whats), www.docevida60mais.com.br

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA