Um slime que é a sua cara

0
1155

Foto: Divulgação

Divulgação
Slime é diversão garantida!

Recém inaugurada na Vila Romana, a Paper Slime une o que há de melhor em papelaria ao divertido mundo do slime, com uma imensa gama de materiais e um espaço charmoso para a realização de oficinas onde os participantes podem produzir e personalizar suas “gelecas”

Quando o slime virou febre nos Estados Unidos por fazer parte dos eventos do canal de TV por assinatura Nickelodeon, lá por volta de 2010, o sonho de toda criança – e de muitos marmanjos também – era tomar um banho daquela irresistível “meleca” verde e ficar com o cabelo todo grudento. Passado algum tempo, a febre ainda persiste, mas o slime se sofisticou: ganhou diferentes cores, texturas e deixou de ser apenas uma espécie de “geleca” molenga e pegajosa para se transformar naquilo que quem o manipula imaginar.

Pegando carona nesse universo que de grudento virou mágico, a advogada e agora empresária Rubia Alice Alves Rodrigues decidiu abrir, no coração da Vila Romana, a Paper Slime. Com um conceito inovador no segmento, o negócio reúne itens de papelaria – como canetas, cadernos e borrachas – super fofos e diferenciados ao variado e complexo mundo dos slimes, oferecendo todo tipo de material para quem quer personalizar a sua “geleca” e, depois, criar formas e se divertir com ela. A massa à base de cola e corante agora incorpora glitter, bolinhas de isopor, neve falsa e areia cinética, ganhando as mais variadas denominações. Há até mesmo um componente que, adicionado ao slime, o torna magnético, dando movimento perto de um imã. “O slime é um produto altamente lúdico, que ajuda no desenvolvimento cognitivo das crianças, permitindo que elas usem a imaginação para criar o que quiserem com ele”, diz Rubia.

GDLL - julho 2019 - Casa e Escritório - Paper Slime 1A ideia de abrir a Paper Slime foi inspirada na paixão da filha mais velha de Rubia, Isabella, de 10 anos, pelo produto. “Isabella conhece tudo de slime e já há algum tempo cria suas próprias versões da massa e, como eu estava a procura de um negócio no qual tivesse mais tempo para ficar com ela e com o meu filho menor, de um ano e sete meses, decidi investir nesse nicho”, explica Rubia.

Funcionando desde abril em um charmoso sobrado na Rua Coriolano, a Paper Slime tem como diferencial um bem montado espaço para a realização de oficinas, que acontecem todos os sábados às 11 e às 15 horas. Por um preço fixo, os participantes têm direito ao material e a um lanche servido no quintal anexo ao espaço. Nesses eventos, supervisionados por Rubia, quem ensina as técnicas de criação dos slimes é a própria Isabella. “Ela define o tema das oficinas, separa os materiais que serão usados e mostra tudo o que é possível fazer com eles”, diz Rubia. Quem vai até a loja e prefere comprar pote de slime pronto tem, inclusive, a opção de levar algum da linha Slime by Isa.

O espaço ainda pode ser usado para festas de aniversário e outros eventos. O time da Paper Slime também leva todo o material para a criação de slimes até os clientes. Já para as férias de julho, Rubia contratou uma especialista em recreação que montou uma grade com diversos eventos que vão além do universo dos slimes. “Haverá oficinas de culinária, jardinagem, ecobag e argila”, adianta Rubia. A programação pode ser conferida nas redes sociais da Paper Slime. (Lucia Oliveira)

Paper Slime, Rua Coriolano, 746, Vila Romana, Telefone 4564-2545, Whatsapp 97590-6711, Instagram @paper_slimebr, Facebook /paperslime

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA