Sucesso com tradição

0
1469

Foto:

Modelos masculinos e femininos

A moda, seja ela masculina ou feminina, quando alia tradição com qualidade e preço justo em pouco tempo ganha o coração de sua clientela. Afinal, quem não gosta de andar bem vestido sem ter que gastar mais do que deve? Na Vila Leopoldina, uma loja que já está há muitos anos por aqui e que atrai cada dia mais clientes é a camisaria Monteverde.
Antonio Mello, um dos proprietários, já era fabricante de camisas. Então, 30 anos atrás, se uniu à sua esposa Corina Correa de Mello e sua cunhada Paula Correa e juntos compraram a camisaria de outro proprietário que ficava em Pinheiros. No começo eles fabricavam para várias marcas brasileiras, mas resolveram empreender ainda mais e abrir sua loja própria.
“Resolvemos partir direto para o cliente”, Corina conta. E Paula completa: “na verdade, queríamos criar preços acessíveis e passar isso para o cliente”.
Depois de tantos anos de sucesso, hoje eles têm quatro lojas: Vila Mariana, Vila Leopoldina, Pinheiros e Sumaré. Eles lembram que antigamente as pessoas costumavam visitar sua loja em Pinheiros vindos da zona sul ou norte só em busca das camisas. Mas com a cidade – e o transito – crescendo, eles perceberam que precisavam ir para mais perto de seus clientes. Foi daí que surgiu a idéia de abrir novas lojas. “Ficamos anos esperando um ponto legal. Fomos vendo onde o comercio é legal e onde promete. Não queremos shopping, gostamos de comercio de bairro”, Paula explica sobre como chegaram aqui.
As araras das lojas não são mais ocupadas exclusivamente pelas camisas que os deixaram famosos. Para o público feminino a variedade é bem abrangente, vai da camiseta básica ao vestido. E o mesmo vale para os homens: há desde camisetas às camisas sociais. Além de saias, calças e muito mais. As camisas são todas feitas em 100% algodão e para atrair ainda mais o público e poder proporcionar mais opções, eles também trabalham com uma malha que mistura elastano e viscose, que é super confortável e ao mesmo tempo modela bem o corpo.
Se não bastasse isso, também se preocupam com os tamanhos. “A gente atende uma faixa grande. Tentamos adaptar à clientela. Atendemos do 38 ao 54. No masculino atendemos da calça 38 ao 56, da camisa 2 à camisa 7. A pessoa vem aqui e compra para a família toda. É uma coisa que facilita também”, diz Paula.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA