Mutirão de limpeza movimenta voluntários na Lapa

0
47

Foto: Bárbara Dantine/JG

Bárbara Dantine/JG
Dia Mundial da Limpeza: ação pelo planeta

Ação que envolveu todo o planeta, o Dia Mundial da Limpeza (World Cleanup Day) mobilizou muitos moradores da Lapa, no dia 21 de setembro.

Milhões de pessoas em todo o mundo participam deste dia voltado para uma faxina geral no bairro, ruas, parques, praças, praias e cidades. Neste ano participaram da ação 150 países, incluindo o Brasil. A ação simboliza a necessidade de conscientização da população para um problema maior do descarte irregular de resíduos sólidos urbanos.

“Os eventos de limpeza são uma maneira maravilhosa de criar mudanças, ao mesmo tempo em que introduzem a questão dos resíduos mal administrados e inspiram políticos, empresas e comunidades a implementar medidas para mudanças duradouras”, disse a chefe da equipe de rede da Let’s Do It!, Heidi Solba, que participou de outros eventos de limpeza mundial.

A participação de moradores da região estava sendo organizada desde o primeiro semestre do ano em reuniões mensais que aconteceram na CIESP Oeste que ganhou o nome de Limpa Lapa.

Na região da Lapa, empresas, entidades como a CIESP Oeste participaram da iniciativa deste Dia Mundial da Limpeza 2019 e motivou muitos voluntários a participar da ação. No Brasil, o Instituto Limpa Brasil é o responsável por divulgar o movimento do Cleanup Day. A estimativa dos organizadores é de 1.200 cidades brasileiras participaram do evento e reuniu mais de 300 mil voluntários.

Dia Mundial Limpeza-Lapa-BD (1)Foram organizados treze mutirões na região da Lapa e da Lapa de Baixo. Cada grupo de voluntários partiu de um ponto distinto. Os voluntários que participaram da caminhada receberam um kit com saco de lixo amarelo, luvas, água mineral e coletes com a identificação do Dia Mundial da Limpeza. Devidamente identificados, os voluntários seguiam pela via pública recolhendo todos os resíduos que encontravam à frente, ou seja, latinhas de alumínio, sacos plásticos, papéis, vidros, isopor, pilhas e outros resíduos e chegaram à Praça Miguel Dell’Erba, próxima ao Mercado da Lapa e do terminal de ônibus da Lapa.

O grupo de escoteiros Quarup que faz suas reuniões no Clube Pelezão também fez parte do mutirão de limpeza assim como outros voluntários que trocasram o sossego de um sábado em suas casas para participar deste ato de cidadania pelo bairro e pela cidade.

Segundo a Ecoss Ambiental, empresa responsável pela limpeza urbana da região, a estimativa é de seis toneladas de resíduos foram retirados das ruas durante o evento. Além da coleta de resíduos, a ação teve o plantio de plantio de 60 mudas de árvores na praça. A prefeitura através da Subprefeitura da Lapa receberam informações sobre as operações cata-bagulho, endereços dos ecopontos mais próximos e sobre a importância da reciclagem. (Gerson Azevedo)

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA