Hilda Boteco: cozinha com paixão

0
357

Foto: Divulgação

Divulgação
Hilda Boteco: feijão nosso rei

Inspirada na avó, Alessandra Ramos, trocou a vida de viagens, pela cozinha que sempre curtiu. E criou o Hilda Boteco, na Vila Ipojuca.

Em uma praça da Vila Ipojuca com clima de interior, Alessandra instalou seu projeto de vida: o Hilda Boteco Cozinha Brasileira. “Fiz questão de ter no cardápio sugestões de pratos de todos os cantos do Brasil, que tem uma culinária riquíssima e variada!”, explica a empresária que mora na região.

Bolinho de costelinha (divulgação)
Bolinho de costelinha (divulgação)

Cozinhar sempre foi fácil para Alessandra. “Passei anos viajando pelo Brasil e pelo mundo mas sempre gostei de cozinhar e cursei gastronomia para abrir o restaurante”, resume.

O nome é em homenagem à avó Hilda que além de cozinheira de mão cheia era a matriarca da família. “Vó Hilda gostava de ver a casa movimentada e os netos correndo enlouquecidos pelo quintal… O ambiente tinha música, muuuuita comida e uma bebibidinha afloravam seu lado festeiro”, lembra.

Ambiente acolhedor (Divulgação)
Ambiente acolhedor (Divulgação)

O ambiente do Hilda é aconchegante e colorido. Mesas e cadeiras pelo salão e um bar logo na entrada. Um toque interessante é o painel com panelas, caçarolas, frigideiras e acessórios de cozinhas ‘doados’ pelas famílias da Alessandra e do marido.

O Hilda Boteco, segundo Alessandra, deve proporcionar aos clientes uma experiência gastronômica que remeta ao conforto e ao aconchego de uma forma criativa e valorização de ingredientes brasileiros.

Do cardápio, bolinhos de costela suína, muçarela e dueto de geleias que são feitas na casa, ao Feijão Nosso Rei servido com carne de panela e arroz, servido diariamente é um dos mais pedidos, afirma a empresária. Diariamente o Hilda Botequim tem quatro sugestões diárias. Aos sábados, a feijoada é o destaque do cardápio.  frango assado com quiabo e purê de abóbora, linguiça na cachaça servida na chapa de ferro, bacalhau (domingo), são algumas das sugestões.

Cerveja Vó Hilda, uma hoppy lager (Divulgação)
Cerveja Vó Hilda, uma hoppy lager (Divulgação)

Refletindo o espírito do Hilda Botequim, os especialistas em bebidas Isabela Bello Fornari e Maurício Maia são os responsáveis pela carta de bebidas. Eles selecionaram 9 cachaças de vários produtores do País. Os drinques ganharam nome de mulheres brasileiras famosas. Todas as cachaças e as  outras bebidas “harmonizam  perfeitamente com os pratos e os aperitivos que servimos aqui no Hilda Botequim”, garante Alessandra.

Os vinhos são todos de produtores de nosso continente. As cervejas são artesanais e inclui até uma marca sem glúten. A cerveja Vó Hilda, é uma hoppy lager produzida pela cervejaria Avós.

Hilda Boteco, na Vila Ipojuca (Divulgação)
Hilda Boteco, na Vila Ipojuca (Divulgação)

Um diferencial é o café da manhã com pães, bolos, pãozinho de queijo, geleias, sucos e café e leite servido aos sábados e aos domingos, das 8 às 11 horas.

O Hilda Botequim abre de terça a sexta, das 18 às 23h. Aos sábados, o funcionamento vai das 12 às 23h e aos domingos, a casa abre das 12 às 17h. Tem serviço de delivery. (GA)

Hilda Boteco Cozinha Brasileira, Praça Sá Pinto, 67, Vila Ipojuca, Telefone 3675-7336, www.facebook.com/HildaBotequim

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA