Tradição unida à inovação

0
973

Foto:

Cristina Pedrassi, do Lapacor

A medicina tem evoluído muito no decorrer dos anos não só na especialização dos profissionais como também na área de diagnósticos. Graças a exames mais modernos e com melhor definição, os médicos são capazes de encontrar doenças ainda no início e podem tratá-las desde cedo, o que aumenta e muito as chances de cura.
Um dos centros médicos mais tradicionais da Lapa, o Lapacor existe há 34 anos e é referência em consultas ambulatoriais em várias áreas e também na área de exames. “Começou com um trabalho muito incipiente na área de ambulatório em cardiologia e não se tinha nada. Esses métodos foram vindo. Depois que entramos na área geral”, conta a administradora Cristina H. Pedrassi. As especialidades são muitas além da cardiologia: fisioterapia, reabilitação, ginecologia, clínica geral, pneumologia, otorrinolaringologia, geriatria, nutrição, psicologia, entre outras.
Já na área de diagnósticos, os exames também são amplos: angiotomografias, colonoscopia virtual, ecocardiograma, escore de cálcio, holter (24 horas), mamografia digital, monitorização ambulatorial de pressão arterial, polissonografia, tomografia computadorizada, ultrassonografias, e mais. A grande novidade é a nova máquina de tomografia. “Na região, é o primeiro serviço de tomografia com essas particularidades. Ela faz a convencional e procedimentos muito novos, como cordical, angiotomografia, a colonoscopia virtual, que não é invasiva. Isso tem somente três lugares em São Paulo que realizam. Ela consegue ver a doença muito no início”, ela conta.
Eles também realizam palestras educativas para seus pacientes sobre determinados assuntos relacionados à saúde. E não são só os pacientes que têm espaço por lá. O Lapacor também possui uma escola de educação médica com cursos de pós-graduação nas áreas de metabolismo e cardiologia.
“É essa qualidade e cuidado com a tecnologia. Temos um know-how muito a frente. E a qualidade dos procedimentos”, Cristina argumenta. Eles atendem particular e também convênio e chegam a receber muitas pessoas de outras cidades.

COMPARTILHE
Artigo anteriorCursos
Próximo artigoDe bem com a saúde

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA