A casa solidária

0
1431

Foto:

Sandra (E) e parte das moradoras

Voltada para mulheres portadoras do vírus da aids, a Casa Guadalupe atende a dez mulheres de baixa renda portadoras do vírus. Até 2003, a casa era mantida pela Mitra Metropolitana, quando então a ONG Associação Reciclázaro, que tem sede aqui no bairro, assumiu a administração da casa.
Segundo Sandra Regina Pirani, psicóloga e administradora da casa, “Aqui prestamos os atendimentos necessários que elas precisam. Além da sequência ao tratamento, aqui elas conseguem fortalecer suas relação sociais e familiares”.
As moradoras têm entre 37 e 75 anos. Recebem medicamento, alimentação balanceada e acompanhamento médico, físico e psicossocial. A família da paciente também participa destas atividades.
Os convênios com as secretarias estadual e municipal de Saúde fornecem medicamentos e o Centro de Referência de Tratamento (CRT) atende as pacientes com infectologista, nutricionista e psicólogo. A casa tem uma equipe de dez profissionais entre psicólogos, enfermeiras, auxiliares de enfermagem, cozinheira e auxiliar geral.
O trabalho de voluntários, afirma Sandra, é muito importante. “Eles ajudam a evitar a ociosidade entre as moradoras e melhoram o emocional delas”, diz a psicóloga. Muitos deles são moradores da região. Eles dão aulas de coral, artesanato, ioga, fazem contação de histórias, aplicação de reiki (para pacientes e funcionários) entre outras atividades.
Além dos convênios e contribuições de empresas e particulares, a entidade necessita constantemente de doações. Material de limpeza, principalmente de água sanitária, desinfetantes e fraldas geriátricas são sempre bem-vindos. Roupas e outros objetos que são doados e que não são aproveitados na casa são encaminhados para o bazar que funciona diariamente em horário comercial.
Doações em dinheiro podem ser feitas através do Banco Bradesco, agência 368-9, CC 99428-6 em nome da Associação Reciclázaro, CNPJ 03.960.066/0001-11.
Outra forma de ajudar é doar as notas fiscais sem o CPF. A ONG usa esses créditos para seu sustento. As notas emitidas no mês precisam ser creditadas no site da Secretaria da Fazenda até o dia 10 do mês seguinte.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA