Especialize-se e se destaque

0
1023

Kelly Monteiro
Início de ano é sempre o momento de pensar em novos rumos, principalmente em relação aos estudos. Quem procura por cursos de especialização encontra boas opções nas universidades e faculdades da região. São cursos novos e até mesmo diferentes.
Na Faculdade Rio Branco há o curso de Direito Internacional Ambiental, para advogados e também para quem se interessa pelo tema. O Brasil se destaca na área ambiental, seja por sua participação nas negociações internacionais seja por sua riqueza em termos de patrimônio ecológico. Com o objetivo de analisar os processos de decisão vinculados a qualquer tipo de uso de recurso ambiental, este curso possibilita abordagem reflexiva, crítica e prática dos acordos e tratados internacionais ambientais aplicáveis no território brasileiro e nos demais países do continente latino-americano. “A questão ambiental diz respeito a pessoas e a empresas. Nesta especialização em Direito Ambiental serão discutidas as relações entre países e entre empresas e comunidade”, diz o professor Paulo Roberto Lucas de Oliveira, coordenador dos cursos de pós-graduação da faculdade.
E como muito se tem falado em responsabilidade social, outra sugestão de especialização na Rio Branco é o curso de Responsabilidade Social Corporativa. As empresas, cada vez mais inseridas na comunidade, estão sendo mais responsabilizadas pelos aspectos éticos e sociais de seus negócios e, por isso, precisam procurar o equilíbrio entre os desempenhos ambiental, social e econômico. Se há algum tempo as empresas direcionavam seus esforços para o interesse particular, ou seja, a geração de lucros, para sobreviverem atualmente é necessário que incorporem objetivos sociais no seu negócio.
Outra universidade da região que dispõe de novos cursos de especialização é a Universidade de Mogi das Cruzes (UMC) – Campus Villa-Lobos. Um deles é Biotecnologia Ambiental com ênfase em Agronegócios. O curso oferece subsídios à compreensão de importantes processos biotecnológicos, desenvolvendo temas como melhoramento genético em organismos de interesses comercial, transgênicos, a importância da agricultura “orgânica” e desenvolvimento sustentável. Segundo a coordenadora do curso, Claudia Maria Liba, o objetivo é esclarecer esses temas principalmente para profissionais da área ambiental, mas também para pessoas que trabalham com negócios. “Quando se fala em agronegócio, área que cresce no Brasil, é preciso se pensar também em proteção ambiental. E muitas vezes isso fica de lado porque quando se escuta falar em transgênicos, segurança alimentar, etc., nem todo mundo sabe do que se trata. Sem falar que no entorno da UMC temos o Ceagesp e empresas voltadas para agronegócio, por isso, elaborei o curso”, diz.
Já nas Faculdades Integradas “Campos Salles” há cursos de especialização na área de educação. Além do mais antigo, o curso de Psicopedagogia, há três novas áreas. Uma delas é a especialização em Educação em Classes Hospitalares. O curso se propõe a preparar docentes para o atendimento educacional especializado a crianças afastadas da escola por motivos de internação hospitalar ou atendimento ambulatorial. “A Campos Salles tem tradição em educação especial. Aproveitamos nossa experiência e abrimos este curso porque há um projeto em andamento para que todos os hospitais que tenham departamento de pediatria mantenham uma classe para aulas, para que as crianças internadas não percam o vínculo com a escola. Isso auxilia inclusive na recuperação delas”, explica a professora e doutora Vânia Lúcia Lopes Bertier, coordenadora do curso de Pedagogia.
As classes hospitalares são um novo campo de trabalho que se abrem ao educador, assim como o curso de Educação Especial. O objetivo deste curso é formar profissionais que já trabalham ou desejam trabalhar em classes regulares, aprofundando seus estudos para atender crianças com necessidades especiais (déficit intelectual). E há também o curso de Gestão Educacional para professores licenciados e que exercem ou exercerão cargos administrativos no sistema de ensino.
As matrículas estão abertas. Aproveite para se especializar e, assim, tornar-se mais competitivo no mercado de trabalho.

COMPARTILHE
Próximo artigoGente 296

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA