Meditação para acalmar a vida

0
307

Foto: Divulgação

Divulgação
A meditação faz parte da vida de Solange

Moradora da Lapa de Baixo, Solange Viana, se dedica à prática e o ensino da meditação e o mindfulness em associações de moradores, empresas, escolas. Aqui ela revela os benefícios da prática que recomenda para todos.

Por anos Solange, formada em propaganda e marketing, trabalhou em uma grande editora e sentia que precisava encontrar uma maneira de viver com melhor qualidade de vida e fazer algo que se identificasse. “Em 2006, comecei a praticar meditação Raja Yoga e passei a praticá-la regularmente. Minha vida e minha consciência mudaram para melhor. Mesmo morando em São Paulo, não tenho mais o estresse que muitas pessoas têm. Em 2011, viajei à Índia para aprofundar nos estudos e a partir daí me dedico totalmente à meditação e mindfulness”, explica. Hoje, se mantêm ministrando cursos, retiros e palestras sobre mindfulness para empresas e grupos diversos. “Qualquer pessoa, independente da idade, pode fazer essas práticas”, informa.

O aprofundamento de Solange na meditação passa pela sede brasileira da Organização Brahma Kumaris, fundada em 1936 pelo paquistanês Dada Lekhraj. A BK Brasil (Rua Dona Germaine Burchard, 589, Água Branca, tel. 3864-3694, www.brahmakumaris.org.br) teve início em 1979. Na sede da organização para o Brasil e América do Sul, qualquer pessoa pode encontrar mais informações e cursos sobre meditação. Esteve na ÍndiaSolange é voluntária da BK há 13 anos onde é coordenadora nacional, além de ministrar cursos e palestras.

Solange na Brahma Kumaris (Divulgação)
Solange na Brahma Kumaris (Divulgação)
Meditação segundo a lapeana Solange, “é um processo de olhar para si mesmo, reconhecer os medos, as raivas, as emoções. E olhar o mundo com mais gentileza e lidar com as emoções inerentes à nossa vontade”. Ensina que com poucos minutos esse equilíbrio é possível de ser alcançado.

Como meditar? “Um exercício fácil e prático. Sente-se em um lugar confortável, feche os olhos, inspire o ar pela boca e expire pelo nariz por alguns minutos”, recomenda. Diz que esse exercício pode ser feito várias vezes por dia, “em situações de tensão, antes de uma reunião, para aqueles que têm medo de voar… Não há restrições”, avisa.

O trabalho voluntário é rotina na vida da Solange. Ela atua na Unipaz – Universidade Aberta, no Parque Ibirapuera desde 2012 onde faz palestras gratuitas. Foi eleita em 2019 e integra Cades (Conselho Regional de Meio Ambiente, Desenvolvimento Sustentável e Cultura de Paz), da Subprefeitura da Lapa. “Gosto muito da Lapa, aqui vivo desde a infância, tenho amigos e familiares, é uma região gostosa e através do Cades posso conhecer melhor e ajudar a região. Procuramos ajudar o poder público com melhorias de calçadas, planos de metas, educação ambiental e harmonização à região. Vai além da manutenção das árvores, da coleta do lixo. Trabalhamos também com os valores humanos, com a tolerância…”.

Em parceria com o Espaço Eywa (Rua Scipião, 32, tel. 99313-4650), Solange e Álvaro Barbosa de Alencar estão iniciando uma série de cursos gratuitos de prática de meditação e mindfulness. Uma vez por mês um instrutor convidado também participa. “O curso será às quartas-feiras, das 15h30 às 17h e das 19 às 21h30. O curso é estruturado para trazer conhecimento teórico e base para a prática pessoal. E todos estão convidados a meditar!”, convida. (GA)

Solange Viana, Telefone 99685-4253 (Whats), facebook.com/reconectandoconscienciaplena, reconectandoconscienciaplena@gmail.com

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA