Com respeito às diferenças

0
283

Foto: Lucia Oliveira

Lucia Oliveira
Catatau: espaços lúdicos para as crianças

Na Escola de Educação Infantil Catatau, recém inaugurada na Vila Romana, as crianças brincam juntas mas aprendem e se desenvolvem de acordo com “o seu melhor jeito”.

Na proposta pedagógica da Escola de Educação Infantil Catatau, que funciona desde março na Vila Romana, chama a atenção um pequeno texto da jovem poetisa Inês Clímaco, reproduzido logo no início da brochura que é entregue aos pais quando estes visitam o espaço. Em seus versos, a escritora compara as crianças a borboletas ao vento: algumas voam depressa, outras mais pausadamente – diz o poema – mas todas encontram seu melhor jeito de voar.

Essa maneira de enxergar a forma de educar os pequenos – respeitando o desenvolvimento individual de cada um – é a base do projeto educacional da Catatau, administrada por Rosana Franceschini em parceria com a filha Maria Kadhija Franceschini. Com experiência de mais de 30 anos no ramo, Rosana decidiu aproveitar um imóvel próprio, localizado na Rua Aurélia, para dar asas a este novo empreendimento. “Pensamos o espaço e as atividades propostas de forma a permitir o desenvolvimento integral de bebês e crianças com até seis anos de idade”, diz.

No berçário, por exemplo, os bebês a partir de quatro meses têm uma grande área acolchoada, semelhante a uma pista, repleta de brinquedos, na qual podem interagir e são estimulados por meio dos sons, cores e texturas dos objetos. Os bebês frequentam o berçário até atingirem total independência na locomoção. Para isso, eles participam de atividades que visam sua evolução motora – sentar, engatinhar e andar -, enfrentando desafios voltados a interação, conhecimento de si e do outro, além de sua relação com o ambiente.

Já as crianças contam com um parque coberto onde há pista para andar de motoca e um brinquedão com túnel e escorregador, quadra poliesportiva descoberta e até uma horta para o cultivo de legumes e verduras. “Agora na Páscoa, eles colheram cenouras e, nas aulas de culinária, aprenderam a fazer pratos usando o vegetal”, conta Rosana.

Horta para a criançada plantar e colher
Horta para a criançada plantar e colher
As aulas de culinária fazem parte dos cursos extras já inclusos na mensalidade. Os alunos têm, ainda, aulas de inglês e sustentabilidade dentro do currículo, além de judô, balé e natação como cursos opcionais. A segurança do espaço é outro ponto de destaque na escola: o local está equipado com todos os aparatos previstos nas normas e as áreas de recreação possuem piso de grama sintética para evitar que os pequenos se machuquem durante as brincadeiras. “Todo o nosso trabalho tem ênfase na preparação para a vida e cidadania, por meio do domínio de competências e habilidades que facilitem a inserção social dos alunos”, enfatiza Rosana. (Lúcia Oliveira)

Escola de Educação Infantil Catatau, Rua Aurélia, 2.136, Vila Romana, Telefone 3834-4835

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA