Secretaria abre centro para idosos na Lapa

    0
    4508

    Foto:

    Gerente do centro recebe moradora que quer inscrever seu pai no serviço

    No mês em que se comemora o Dia do Idoso, a região da Subprefeitura Lapa ganha um Centro Dia para Idosos, na Rua Vespasiano, 592. O serviço começou funcionar na segunda-feira (5), mas ainda sem inauguração oficial. Segundo a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS), o objetivo do Centro Dia de Idoso é atender idosos com maior fragilidade na região da Lapa. A unidade é ligada a Supervisão de Assistência Social da Lapa (SAS Lapa) da secretaria. Este é o terceiro da Capital, o primeiro foi inaugurada no Bom Retiro e o segundo no Ipiranga. O equipamento é mantido em parceria com a Associação Reciclázaro, mesma entidade que administrava a extinta (há 60 dias) Casa de Guadalupe que atendia mulheres com HIV/Aids no mesmo endereço.

    O imóvel foi reformado e adaptado para receber o Centro Dia (que também tem Guadalupe no nome) voltado ao atendimento de pessoas com mais de 60 anos em situação de vulnerabilidade social por meio período ou período integral (das 7h às 19h). A capacidade do novo equipamento social é de 30 atendimentos dia. Durante o período de permanência, os idosos recebem cuidados especiais por meio de uma equipe multiprofissional que conta com nutricionista, assistente social, psicólogo, enfermeira, terapeuta ocupacional além de dez cuidadores e de profissionais de administração gerenciados por Tatiane Andrade (da Reciclázaro).

    As vagas do serviço são referenciadas no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Lapa que, após avaliação social e de saúde, encaminha o idoso ao Centro Dia. A prioridade de atendimento é de idosos que têm BPC (Benefício de Prestação Continuada, pago pelo governo federal para aqueles sem condições de manter seu sustento). Uma assistente social da SAS Lapa faz uma visita a família do idoso com outra assistente social do serviço parceiro (Associação Reciclázaro). O processo inclui encaminhamento para avaliação multidimensional da pessoa idoso (AMPI) na Unidade Básica de Saúde (UBS). O serviço atende somente idosos da área de abrangência da Sub Lapa que não podem ficar sozinhos, com comprometimento de saúde, denúncias de maus-tratos e casos encaminhadas pelo Ministério Público. À noite eles voltam para casa com a família. Outras informações no próprio Centro Dia Guadalupe que funciona de segunda a sexta-feira, na Rua Vespasiano 592, na Vila Romana, das 7h às 19h, telefone 3875-7204.

    SEM COMENTÁRIOS

    DEIXE UMA RESPOSTA