Para remar em pé

0
839

Foto:

Para remar em pé

Nova modalidade esportiva ganha apoio com loja de pranchas e equipamentos na Vila Leopoldina.

Aberta há pouco mais de dois meses, a loja física da Waterman vende pranchas e equipamentos para o stand up paddle surf (SUP), uma modalidade esportiva ainda pouco conhecida e divulgada, mas que está ganhando muitos adeptos no Brasil e no mundo.

Segundo Alexandre Levorin, proprietário das lojas física e virtual, a ideia surgiu há muitos anos, quando ele era apenas um praticante do esporte. “Percebi que faltavam equipamentos para o esporte no país e comecei a importar e também a distribuir para outros praticantes. Em 2007, iniciei o e-commerce e a procura começou a aumentar gradativamente. Senti que as pessoas queriam ver e tocar nas pranchas, entre outros itens, e decidi abrir um ponto aqui na Leopoldina”, conta.

O empresário diz que escolheu o bairro por morar perto e também por conta da carência desse tipo de comércio na região. Entre os produtos vendidos estão alguns itens das marcas Hobie, da qual é representante, e Waterman, como pranchas de tamanhos diferentes (lazer, surfe, race e inflável) para práticas no mar, em rio ou lagoa; equipamentos de marcas diversas, como remos, capa de prancha, capa de remo, quilhas e leash (corda que prende a prancha ao pé do atleta); e acessórios, como óculos, viseiras, mochilas, e muitos outros.

Apesar da novidade, o SUP se originou no Havaí, sendo a forma mais antiga de surfe, que consiste em remar em cima de uma prancha. “No mundo, o SUP começou a se popularizar há uns oito anos e, no Brasil, há uns quatro ou cinco. Entre os praticantes estão pessoas de seis a 60 anos ou mais, não há idade para iniciar”, declara Alexandre.

Ele acrescenta que, para se iniciar no esporte, é preciso ter três itens básicos, que são a prancha, o remo e o leash, num investimento que gira em torno de R$ 6 mil. Já para aprender, a equipe da Waterman disponibiliza o curso “SUP in Sampa”, ministrado pelo professor Beto Campos e praticado na raia da Cidade Universitária (USP). 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA