Aproveitando as férias

0
1080

Julho é mês de férias e é uma ótima oportunidade para conhecer alguns dos mais interessantes atrativos da região. São vários os endereços que estão abertos à visitação e ainda pouco visitados pelos moradores. Desde o Museu do Relógio ao Parque Villa-Lobos, do Museu Espírita ao orquidário na Lapa de Baixo são opções de passeio que agradam à toda a família.

Ceagesp

A Ceagesp é o importante entreposto agrícola do país. Mas também pode ser um passeio para quem gosta de comprar frutas, legumes, flores e outros produtos diretamente do produtor. São duas feiras onde o consumidor final é bem-vindo. O Varejão Noturno que acontece das 16h às 22h na quartas (entrada pelo portão 7), tem além das tradicionais barracas, muitas outras guloseimas como pastel, garapa de cana-de-açúcar, bolinho de bacalhau, mel e dependendo da época festas com frutas da época. O Varejão de sábado e domingo acontece das 7h às 12h e oferece estrutura semelhante mas com mais variedade de produtores. E de terça e sexta das 5h às 10h30 acontece a Feira das Flores (entrada pelo portão 4), onde os produtores vendem diretamente ao consumidor final suas plantas e flores a preços bem camaradas. Avenida Dr. Gastão Vidigal, 1.946, Vila Leopoldina, telefone 3643-3700. www.ceagesp.gov.br.

Aúthos Pagano

A bela e ampla residência onde viveu o casal Aúthos e Carmela Pagano por décadas, foi doada ao Governo do Estado de São Paulo em maio de 1982 com a finalidade de preservar a importante biblioteca (obras na área do direito, filosofia, matemática, astronomia) e a criação do Centro Cultural e de Estudos Superiores Aúthos Pagano. Hoje o espaço é mantido pela Associação Paulista dos Amigos da Arte (APAA) com apoio da Secretaria da Cultura do Governo de São Paulo. Periodicamente promove eventos como o que será realizado no próximo dia 19 de julho às 16 horas, dentro do Projeto Conversa com Verso com a presença da compositora e cantora Maria Dapaz, no pequeno auditório. Rua Tomé de Souza, 997, City Lapa, telefone 3836-4316. Abre de segunda a sexta das 9h às 17h, sábado quando houver evento. Entrada gratuita. www.apaacultural.org.br/authospagano.

Estação Ciência
Centro de difusão científica, tecnológica e cultural da Pró-Reitoria da Cultura e Extensão Universitária da Universidade de São Paulo, a Estação Ciência tem como principal foco a divulgação e a popularização da ciência de forma dinâmica, atendendo a mais de 400 mil pessoas por ano. Ocupa uma área de 3 mil m2 em uma antiga fábrica no bairro da Lapa. Por meio de experimentos lúdicos, interativos, atividades afins e eventos promovem a ciência, o conhecimento multidisciplinar e a cultura. Mensalmente produz e realiza oficinas, palestras, workshops, além de exposições permanentes em ciências biológicas, físicas, da terra, humanas e sociais, matemática e de tecnologia. Rua Guaicurus, 1394, Lapa, telefone 3673-7022. Visitação de terça a sexta das 8h às 18h; sábado, domingo e feriado das 9h às 18h. Ingresso R$ 2,00. www.eciencia.usp.br

Biblioteca e gibiteca

São mais de 26 mil títulos essenciais para o público jovem ou mais maduro que curte o universo da literatura, dos quadrinhos, incluindo clássicos da HQ, mangás e outras publicações em um só lugar. Tem títulos de cinema e de música também. A biblioteca oferece para aos associados possibilidade de retirar exemplares por empréstimo. Promove exposições e palestras regularmente. SESI Leopoldina. Rua Carlos Weber, 835, Vila Leopoldina, telefone 3834-5523 (R1180). De segunda a sexta, das 10h às 19h e sábado das 10h às 17h. Entrada gratuita. Recomendado para maiores de 10 anos. www.sesisp.org.br/leopoldina.

Museu Maria Soldado

Inaugurado em 2006, o museu reúne peças, fardas, documentos, bandeiras sobre a Revolução Constitucionalista de 1932, em que o Estado de São Paulo se revoltou contra o governo federal em busca de uma nova ordem constitucional. Neste próximo dia 9 de julho é comemorado mais uma vez a data. Parte do acervo exposto pertence ao Monumento ao Soldado Constitucionalista do Parque do Ibirapuera e fica aqui até que aquele espaço seja restaurado. É uma boa aula de história em forma didática. Museu da Associação Cívica Sociedade Veteranos de 32 Núcleo Lapa (Colégio Santo Ivo). Rua Duarte da Costa, 1.246, Lapa, telefone 3837-0566. Abre de segunda a sexta das 8h às 11h30 e das 14h às 17h. Entrada gratuita. Visita monitorada.

Museu do Relógio

Nascido do sonho do professor Dimas de Melo Pimenta, fundador da Dimep, o Museu do Relógio reúne em seu acervo cerca de 700 peças, dos mais variados modelos e de vários países de origem. Boa oportunidade para conhecer as máquinas que o ser humano criou para medir o tempo. Desde os relógios de sol até os dos tempos atuais. Um dos mais bonitos exemplares é um relógio de bolso fabricado para as comemorações do Centenário da Independência do Brasil em 1922. Um dos mais curiosos é o despertador que faz café. Avenida Mofarrej, 840, Vila Leopoldina, telefone 3646-4048. Abre de segunda a sexta, das 9h às 13h e das 14h às 17h; e todo segundo sábado do mês, no mesmo horário. Entrada gratuita.

Museu Espírita

Inaugurado em abril de 1997, o Museu Espírita de São Paulo é mantido pelo Instituto de Cultura Espírita de São Paulo (ICESP). Conta com biblioteca especializada sobre o espiritismo, outras religiões e filosofias. No bem organizado museu encontra-se inúmeros documentos que registram o desenvolvimento do espiritismo no Brasil. Tem edições de livros de Allan Kardec em diversos idiomas publicados no mundo. Cópias dos manuscritos do fundador do espiritismo e quadros pintados por entidades mediúnicas também merecem ser vistos. Rua Guaricanga, 357, Lapa, telefone 3834-6225. Visitação: quarta, quinta e sábado das 14h às 17h. Entrada gratuita.

Orquidário Paulista

Comercializa orquídeas, em sua maioria, e bromélias. O local vale uma visita pela quantidade e variedade de plantas com flores das mais variadas cores e tamanhos. Tem linha de acessórios para quem cultiva as epífitas ou quer iniciar uma coleção. Rua Moxei, 173, Lapa de Baixo, telefone 3611-1107. De segunda a sábado das 9h às 18h. www.orquidariopaulista.com.br.

Parque Villa-Lobos
São 732 mil m2 com muito verde formando uma ilha de ar puro entre a Vila Leopoldina e Alto de Pinheiros, na zona oeste da cidade. Nos finais de semana de sol ou tempo firme, são mais de 50 mil freqüentadores que fazem suas caminhadas, passeiam de bicicletas, aproveitam para ler um livro ou empinam pipa. Conta com campos de futebol, quadras de tênis e poliesportivas (futsal, basquete). Tem pista de cooper com 6.800 metros e é comum encontrar o pessoal andando de skate ou de patins. A pista de ciclismo, pavimentada, tem quase 3 quilômetros de extensão. O Centro de Educação Ambiental oferece cursos de observação de pássaros e oficina de orquídea. Há o lado musical também. Com freqüência acontecem shows gratuitos para o público. E também apresentações teatrais como foi a temporada do espetáculo “Top, top, top!” na cancha acústica. O Cirque du Soleil armou dentro do parque sua trupe, durante sua temporada na cidade. Aos sábados, para quem tem pets, tem cursos de adestramento, agility e handeler a partir das 14h30. Av. Prof. Fonseca Rodrigues, 1655, Alto de Pinheiros, telefone 3023-0316. Segunda a domingo, inclusive feriados, das 6h às 18h. Entrada gratuita.

COMPARTILHE
Próximo artigoGente 296

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA