Feliz na sala do dentista

0
166

O uso da analgesia inalatória com óxido nitroso garante o bem-estar físico e emocional de pacientes com doenças sistêmicas e odontofóbicos.

Há quase 40 anos no bairro da Lapa, a Clínica Falqueiro, de Odontologia, é uma das únicas na região a oferecer a analgesia inalatória com óxido nitroso, também conhecido como “gás do riso”, uma técnica que diminui a ansiedade e o medo dos pacientes odontofóbicos (que têm medo de dentista) e de pessoas acometidas com doenças sistêmicas, como diabetes, hipertensão arterial e cardiopatias. “O gás (óxido nitroso), que é utilizado em associação com o oxigênio, faz uma pequena depressão no sistema nervoso central e mantém a consciência e o sistema de deglutição do paciente ativo”, explica João Miguel Falqueiro, dentista especializado, professor e proprietário da clínica.
João acrescenta que o paciente fica o tempo todo com monitores que acompanham os parâmetros vitais, o coração e os pulmões do paciente, o que é excelente, inclusive, para idosos.

analgesia02-DL-MAI-TGO doutor João explica que essa técnica começou a ser utilizada no Brasil há muitos anos, mais especificamente em 1937, mas que por conta dos aparelhos, que eram importados e muito caros naquela época, só voltou a ser estudada por volta do ano 2000. “Iniciei um trabalho na Universidade Paulista (UNIP) e comecei a utilizar essa técnica no meu consultório em 2002”, relata.

Ele também já escreveu um livro sobre o assunto em 2005, que denominou de “Analgesia Inalatória”, e é um grande defensor da técnica para todos os tratamentos dentários. “Ela é uma técnica reconhecida pelo Conselho Federal de Odontologia e tem muitos benefícios, um dos quais é potencializar as anestesias, que podem ser utilizadas em dosagens bem menores”, explica o especialista.
João ainda ressalta que o medo, que muitas pessoas sentem de dentista, faz com que o organismo humano libere hormônios prejudiciais e que fazem a dor exacebar. Perguntado sobre a ação do óxido nitroso, o dentista responde que o gás sai em 30 segundos do organismo e que ele não é metabolizado, portanto, não faz nenhum mal.

A Clínica Falqueiro conta com laboratório e centro cirúrgico integrados e é toda adaptada para receber pessoas que utilizam cadeiras de rodas. (ND)

Clínica Falqueiro
Rua Tito, 1507, Vila Romana
Telefones: 3831-7195 e 3641-2373
www.clinicafalqueiro.com.br

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA