Grafite na|Ipojuca

0
846

Foto:

Grafite na Ipojuca

Travessa na Vila Ipojuca ganha grafite do artista plástico Rui Amaral e intervenções artísticas com apoio da iniciativa privada.

Os 100 metros da Travessa Paschoal Astolpho, que faz a ligação entre as ruas Votupoca (altura do 220) e Capitão Alceu Vieira (altura do 80), estava meio esquecida e com ar de abandono e lixo espalhado por toda sua extensão. Por conta disso, muita gente evitava circular por ela.

Com essa intervenção, espera-se que o espaço público ganhe valorização e importância, como os famosos Becos do Batman e da Rua Belmiro Braga (ou do Aprendiz), na Vila Madalena, que se tornaram mundialmente famosos com seus criativos grafites e ocupações artísticas constantes.

A Subprefeitura da Lapa reformou a calçada e a construtora Idea!Zarvos patrocinou o trabalho dos artistas liderados por Rui Amaral, morador da Vila Romana, artista plástico e grafiteiro. Rui, neste projeto, teve a parceria do escritório de arquitetura DDB-ArC. Os grafiteiros Alex Kaleb Romano e André Coletto também participaram do trabalho.

A cada quatro meses, outros grafiteiros serão convidados a fazer suas intervenções. “Como morador da região, acho importante a criação desse espaço e que tenha sido meu o primeiro trabalho. Outros artistas deixarão sua marca por aqui e a Ipojuca e seus moradores é que ganham com a ocupação deste espaço público”, preconizou Rui Amaral no dia 15 de fevereiro, quando uma festa marcou a entrega do espaço para a comunidade.

Para Otávio Zarvos, empresário e dono da Idea!Zarvos, “nós, que temos empreendimentos no bairro, é importante poder apoiar ações como esta”. Mestre Gué, morador e que ensina capoeira para crianças do bairro, pretende fazer aqui, aulas abertas para a comunidade.

A festa de inauguração, além de atividades para crianças, que grafitaram um mural bem grande, teve triciclo fotográfico da Instabike, pipoqueiro, e a presença de três chefs de cozinha: Paulina Alzamora Leyton, Erik Fernandes, do Doña Flora Fernandes, e Vinicius Oliveira, do Cozinha Ambulante, que serviram seus quitutes para o público presente. A trilha musical ficou por conta da PJ Rocks. Um bicicletário também faz parte do equipamento do espaço.

www.artbr.com.br
www.ideazaravos.com.br

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA