Dona Daisy vai à praia

0
553

Foto:

Os amigos e o sonho de um boteco

A ideia de abrir um bar o perseguia desde muito tempo. A atmosfera botequinesca foi vivida intensamente durante os dez anos em que ele foi garçom. Passou pelo Boteco São Paulo, Velho Rabo, Bar Cacilda. O objetivo era capitalizar porque mantinha o foco no projeto. Um amigo que frequentava o bar onde Fábio Bottoni trabalhava abraçou o sonho também. Por dois anos eles procuraram um local para armar tudo o que tinham em mente. No dia que encontraram o imóvel, Luiz Chantre, o amigo que encampou a idéia, quase não acreditou, mas ele estava ali, no cruzamento das ruas Faustolo com a Duílio.
Cinco meses foi o tempo que levaram reformando o imóvel, de março a agosto. Um mês depois da casa aberta, um terceiro camarada, o Fernando Freitas, foi convidado a entrar na empreitada. Aceitou e juntos, se preparam para o verão. Tudo foi pensado para agradar a gregos e troianos. Cardápio variado de petiscos, chope e cervejas mais queridas entre os adeptos e alguns pratos cativos da nossa cozinha brejeira estão lá, saídos do caderninho de receitas da Dona Daisy, a avó do Luis, que empresta o nome ao bar, formalizando a merecida homenagem.
No melhor estilo de praia-paulistana cujo filho da terra da garoa não dispensa, é lá que mora o sol que irradia nas mesas dispostas na orla das esquinas vila-romanescas. Caio Gracco, Coriolano, Espártaco, Marcelina e Camila, vão também. O chope Brahma vos espera por 5 reais. Serra Malte, Original e a Bohêmia trincam na mesa por 6,20 reais. E, bello! É claro que tem pastel! E misto, do jeito que a nona faz lá em casa para agradar cada neto com um sabor, capito?
Se preferir, a “Linguiça do Português”, prato que serve duas pessoas, tem sabor picante e é assada no forno, acompanhada de batata e cebolinha aperitivo, farofa, vinagrete e cesta de pãozinho, por 23,50 reais.
Não para por aí. Feijoada light e filé mignon empanado, em forma de aperitivo acompanhado de molho gorgonzola e pãozinho fatiado dão uma dúvida danada por qual escolher. O melhor a fazer, caro leitor, é esquecer os compromissos chatos e aproveitar o antecipado verão que se anuncia pelo horário. Quanto ao resto, ora, o resto pode esperar. E desce um chope!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA